Pub
© Luís Forra/Lusa
© Luís Forra/Lusa

Trabalhadores da Câmara Municipal de Lagoa estão, desde as 10:30, a participar com máquinas nas operações para determinar se existe uma segunda vítima da explosão ocorrida hoje numa habitação e que provocou um morto.

Nos trabalhos estão também envolvidas as forças de segurança, os bombeiros e o INEM, constatou a agência Lusa no local.

Uma pessoa morreu e outra continua desaparecida na sequência da explosão que ocorreu hoje numa vivenda em Vale D’el Rei, Lagoa, disse à Lusa fonte do INEM, acrescentando que se está a proceder à remoção dos escombros da habitação, que ficou parcialmente destruída.

Segundo uma funcionária que prestava serviços de limpeza na habitação, a vítima mortal é um homem “de nacionalidade inglesa, com cerca de 80 anos”, enquanto “o desaparecido terá cerca de 70 anos e nacionalidade suíça ou luxemburguesa”.

A mesma fonte disse aos jornalistas que os veículos dos dois residentes se encontram no local, o que leva a supor que estivessem ambos na habitação no momento da explosão.

Ainda segundo a mesma fonte, a vítima mortal residia naquela habitação do concelho de Lagoa há “cerca de 40 anos”.

As causas da explosão ainda não foram reveladas pelas autoridades, estando no local uma brigada da Polícia Judiciária a investigar o caso.

Pub