Pub

Universidade_algarve_reitorOs professores Adelino Canário, António Branco e Efigénio Rebelo são os três candidatos ao cargo de reitor da Universidade do Algarve (UALg), a eleger no próximo dia 27.

Adelino Canário é presidente da direção do Centro de Ciências do Mar (CCMA), António Branco é diretor da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais e Efigénio Rebelo é presidente do conselho diretivo da Faculdade de Economia.

No edital do Conselho Geral da Universidade do Algarve, lê-se que as três candidaturas “entregaram a documentação exigida” e cumprem as condições de elegibilidade. Os três candidatos realizam, entre os dias 25 e 26 deste mês, a sua apresentação em audição pública.

Um destes três candidatos vai suceder a João Guerreiro, atual reitor, que nas anteriores eleições, em 2009, venceu com 21 votos dos membros do Conselho Geral, tendo concorrido contra Rodrigo Magalhães (quatro votos), diretor da Kuwait-Maastrischt Business School, e de Helena Pereira (sete votos), vice-reitora da Universidade Técnica de Lisboa.

A UAlg, academia pública criada em 1979, com perto de nove mil alunos e 807 professores, teve até hoje seis reitores: Manuel Gomes Guerreiro (1982-1986), Carlos Braga (1986-1990), Jacinto Marques (1990- 1993), Eugénio da Veiga (1993-1997), Adriano Pimpão (1998-2006) e João Guerreiro (2006-2013).

É ao Conselho Geral que compete a nomeação do reitor, assim como definir a estratégia de desenvolvimento da instituição universitária e decidir sobre todos os aspetos relacionados com a gestão da universidade.

Ao reitor cabe apresentar propostas ao Conselho Geral sobre o plano e relatório anuais de atividades, sobre o orçamento da academia, incluindo a afetação de recursos pelas suas diferentes estruturas, apresentar as linhas gerais de orientação da instituição no plano científico, pedagógico, cultural, financeiro e patrimonial ou como se deve atuar no caso de propinas devidas pelos estudantes.

O próximo reitor, que será eleito para um mandato de quatro anos, ficará incumbido, entre outras competências, de aprovar a criação, suspensão e extinção de cursos, atribuir apoios aos estudantes no quadro da ação social escolar, aprovar a concessão de títulos ou distinções honoríficas ou instituir prémios escolares.

O atual Conselho Geral da UAlg é presidido por Luís Magalhães, antigo presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia e da Agência para a Sociedade do Conhecimento.

Pub