Pub

A saída deste "trio de luxo" na sexta edição do torneio está prevista para as 08:30 do "tee" do buraco 10 e será uma oportunidade para o público português apreciar ao vivo alguns dos jogadores que no final de setembro triunfaram sobre a seleção dos Estados Unidos em solo norte-americano.

O principal torneio português do Circuito Europeu de golfe arranca logo pelas 07:50 no 1 com o austríaco Martin Wiegele, o escocês George Murray e o galês Rhys Davies, estando prevista para as 14:00, no "tee" do 10, a saída do último trio, com o inglês Graeme Storm, o sul-africano Tjaart Van Der Walt e o sueco Kristoffer Broberg.

O primeiro português a entrar em cena será Filipe Lima, pelas 08:50, também no "tee" do 1, enquanto Ricardo Santos, vencedor do Open da Madeira em maio, sai pelas 12:30, também do "tee" do 1, na companhia do norte-irlandês Michael Hoey e o do francês Raphael Jacquelin.

A estes juntam-se ainda os profissionais Hugo Santos, Tiago Cruz, António Rosado e Nuno Henriques, enquanto os restantes dois "wildcards" (convites) foram atribuídos pela Federação Portuguesa de Golfe aos amadores Pedro Figueiredo e Ricardo Melo Gouveia, tornando esta a maior representação nacional de sempre na prova.

Pedro Figueiredo, de 21 anos, foi aliás o único português a passar o "cut" no ano passado, terminando então em 23.º lugar.

O torneio distribui 2.25 milhões de euros em prémios monetários, dos quais 375.000 para o campeão.

Lusa

Pub