Pub

O acordo foi assinado entre a autarquia e a fundação com o objetivo de criar uma escola sócio desportiva gratuita, que vai beneficiar mais de 100 crianças, dos 6 aos 12 anos, que se encontram a frequentar as escolas dos concelhos de VRSA e Castro Marim.

Esta escola pretende ser um centro de aprendizagem e integração para as crianças socialmente desfavorecidas ou com problemas de integração. As turmas serão mistas para favorecer a interligação pessoal e criar laços de amizade e desenvolvimento entre eles.

As negociações para a abertura desta escola começaram no início do ano com um encontro realizado em Madrid, onde esteve presente a vereadora do desporto de VRSA, Conceição Cabrita para conhecer o funcionamento destas escolas.

Para o presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António “é uma honra ter a possibilidade de oferecer aos nossos jovens a oportunidade de treinarem numa escola do Real Madrid, nas modalidades de futebol e basquetebol, sem qualquer custo”.

No final de setembro está já agendada uma visita técnica e de formação por parte da Fundação do Real Madrid ao Complexo Desportivo de VRSA.

Para Luís Gomes, “este acordo foi possível graças às excelentes condições que temos para oferecer aos nossos jovens, quer a nível de instalações desportivas, que ao nível das condições atmosféricas e ambientais exclusivas do nosso concelho e pela constante aposta desta autarquia no apoio social e integração dos mais desfavorecidos”.

A Fundação Real Madrid tem como principal objetivo a promoção da prática desportiva entre crianças e jovens, por entender que através dela contribui para o desenvolvimento integral da sua personalidade, bem como a de oferecer alternativas de lazer às crianças em situação de risco e a incentivar entre elas formas e hábitos de vida saudável, como solidariedade, espírito de equipa ou promoção de valores éticos.

Pub