Pub

XaremA aposta na vertente gastronómica para diversificar a oferta turística do Algarve vai estar hoje em foco na apresentação que a entidade regional responsável vai fazer na Bolsa de Turismo de Lisboa, disse à Lusa o presidente, Desidério Silva.

O Turismo do Algarve quer aliar a vertente gastronómica ao sol, à praia e ao golfe para promover o destino turístico em 2014 e vai hoje apresentar um guia com os 142 melhores vinhos da região e um plano de valorização da dieta mediterrânica como Património Imaterial da Humanidade, antecipou o seu presidente à Lusa.

“A apresentação tem alguns pontos que entendemos serem fundamentais, porque neste ano de 2014 temos que alavancar aquilo que é a imagem da dieta mediterrânica e o seu Património Imaterial da Humanidade, que é um fator que queremos reforçar”, afirmou Desidério Silva.

O presidente do Turismo do Algarve vai também, a partir das 15:00, na BTL, apresentar um novo guia dos vinhos da região, que Desidério Silva disse ter sido “todo atualizado com os 142 vinhos de grande qualidade que a região produz, nos 24 produtores regionais que estão identificados e associados” ao turismo regional.

“Em relação ao sol, mar e golfe, que são produtos consolidados na região, queremos aqui reforçar também a grande componente da gastronomia e dos vinhos, que o Algarve já tem e que deve ser valorizada”, justificou.

Desidério Silva referiu que vai também ser apresentado um novo ‘site’ na Internet, “com novas formas de marketing digital” e que vai melhorar o acesso à região através dos novos meios de comunicação e colocar o destino turístico “na primeira linha” em utilização dos meios de comunicação ‘online’.

“Por outro lado, vamos apostar já num ‘road-show’ em Sevilha, Madrid e Salamanca, no final deste mês, vamos também fazer promoções fortes antes da Páscoa e nos feriados e junho, vamos estar presentes no Mundo Abreu, que é uma feira destinada ao mercado nacional, e somos o destino convidado dessa feira”, adiantou ainda o dirigente da Entidade Regional de Turismo do Algarve.

Desidério Silva considerou que o Turismo do Algarve passa assim a ter “todas as condições para continuar a trabalhar e promover e valorizar a região, que é claramente a mais importante em termos turísticos do país”.

“Temos aqui algumas ideias novas e inovações em relação àquilo que queremos para a região e ao número de turistas, de receitas e dormidas, que queremos aumentar em comparação com o ano passado, que já foi um ano bom para o Algarve”, concluiu.

Pub