Pub

O vereador Álvaro Leal vai ser o candidato da Coligação Democrática Unitária (CDU) à presidência da Câmara de Vila Real de Santo António, anunciou hoje o Partido Comunista Português (PCP).

O PCP, que forma a CDU com o Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV), anunciou também que o ex-vereador José Cruz vai encabeçar a lista da coligação à Assembleia Municipal de Vila Real de Santo António.

Álvaro Leal tem 44 anos, é informático de profissão e sucedeu a José Cruz, há cerca de dois meses, como vereador no executivo municipal de Vila Real de Santo António, tendo agora sido escolhido para liderar a candidatura da CDU à autarquia algarvia.

Membro da Comissão Concelhia de Vila Real de Santo António do PCP, Álvaro Leal foi definido pela formação política como um candidato “bem familiarizado com a área das autarquias” pela presença em vários mandatos como eleito na Assembleia Municipal de Vila Real de Santo António.

A CDU adiantou que o candidato vai liderar uma lista “abrangente e combativa”, que “disputará com todas as outras o direito a gerir a autarquia” do Baixo Guadiana.

“Numa situação particularmente difícil como aquela em que se encontra o concelho – dívida astronómica, privatizações, venda de património, aumento de tarifas e taxas, despedimentos – fruto de uma gestão ruinosa da maioria PSD, a CDU assume-se como alternativa no concelho de Vila Real de Santo António e disponível para assumir todas as responsabilidades que o povo lhe queira atribuir”, defendeu a Coligação.

Álvaro Leal é o terceiro candidato conhecido à presidência da Câmara de Vila Real de Santo António, depois de o PS ter anunciado a candidatura de António Murta, ex-presidente da autarquia, e de o PSD ter apresentado o nome de Conceição Cabrita, atual vice-presidente do município, para concorrer às eleições autárquicas de 01 de outubro.

O ainda presidente da Câmara, o social-democrata Luís Gomes, conclui este ano o terceiro mandato consecutivo e fica legalmente impedido de voltar a concorrer ao cargo, devido à lei de limitação de mandatos.

A vice-presidente da Câmara de Vila Real de Santo António vai assim tentar manter para o PSD a presidência de um município que o partido controla desde as eleições autárquicas de 2005, quando Luís Gomes foi eleito pela primeira vez.

António Murta, antigo presidente da Câmara de Vila Real de Santo António em dois períodos distintos, vai tentar recuperar o município para o PS, depois de ter sido presidente 16 anos, em dois períodos de oito anos cada, o primeiro entre 1985 a 1993 e o segundo entre 1997 e 2005, ano em foi sucedido por Luís Gomes.

Álvaro Leal entra agora na disputa como candidato da CDU, com o objetivo de reforçar a votação da coligação numa autarquia que, em 2013, foi ganha pelo PSD, com quatro dos sete mandatos conquistados, à frente do PS, com dois eleitos, e da CDU, com um.

Pub