Pub

Jorge Inácio vai ser o candidato da coligação PSD/CDS/MPT/PPM à presidência da Câmara de Alcoutim, uma das 16 do Algarve.

Alcoutim é um dos concelhos mais envelhecidos e desertificados de Portugal, localiza-se no nordeste do Algarve e conta com um território de serra caracterizado por populações dispersas e Jorge Inácio é a aposta para o PSD recuperar uma autarquia que liderou entre 1993 e 2013.

Nestas últimas eleições autárquicas, o então presidente da Câmara, Francisco Amaral (PSD), estava impedido de concorrer devido à limitação de mandatos e a aposta social-democrata recaiu no vice-presidente do município, José Carlos Pereira, que acabou por ser derrotado pelo socialista Osvaldo Gonçalves.

Nas eleições marcadas para 01 de outubro, Jorge Inácio procurará evitar que Osvaldo Gonçalves seja reeleito para um segundo mandato e devolver ao PSD a autarquia do nordeste algarvio, mas agora à frente de uma coligação com o CDS, o MPT e PPM.

Em 2013, o PS recuperou o município que tinha gerido entre 1976 e 1993, ano em que o PSD venceu as eleições e Francisco Amaral foi eleito para o primeiro de cinco mandatos consecutivos como presidente da Câmara.

Além de Osvaldo Gonçalves (PS), Jorge Inácio terá também Mário Nunes (CDU) como rival na corrida à Câmara de Alcoutim.

Nas eleições autárquicas de 2013, o PS obteve 50,86% dos votos (três mandatos), o PSD 42,24% (dois mandatos) e a CDU 2,22%.

As eleições autárquicas realizam-se a 01 de outubro.

Pub