Pub

A professora e fadista Ondina Santos candidata-se pelo ‘Vamos Amar Lagoa’ à presidência da Câmara de Lagoa, movimento apoiado pelo CDS-PP, Movimento Partido da Terra e Partido Popular Monárquico, no sentido de “mudar mentalidades”.

“Pretendemos mudar mentalidades e pôr as pessoas a pensar: no que são, como estão e o que querem, com propostas concretas e exequíveis”, disse à agência Lusa a candidata, que concorre como independente pela lista do CDS-PP/MPT/PPM.

Ondina Santos, de 39 anos, professora, fadista e escritora, é autora de vários contos infantis, entre os quais ‘As Aventuras do Trunfas’, ‘A Corrida das Rimas’ e ‘Isaac – O cão-gato’.

Segundo a candidata, caso seja eleita para a presidência do município, a sua primazia é dirigida à educação, aos problemas sociais na velhice, ao aconselhamento profissional de adultos ativos e aos espaços verdes, onde se incluem as hortas comunitárias.

“Vamos olhar com muita atenção para a educação, tendo em conta a necessidade de criar estruturas, aumentando a capacidade de acolhimento de crianças e, ao mesmo tempo, implementar um conceito de escola diferente”, indicou.

No programa eleitoral, consta a criação de um gabinete de aconselhamento profissional “para ajudar as pessoas a descobrirem-se, nomeadamente na sua vocação, competências e objetivos de vida, de forma a definirem o seu futuro e, ao mesmo, servirá como uma ferramenta de combate ao desemprego”.

A candidata acrescentou que a velhice merece também especial atenção, “com a criação de espaços onde as famílias possam ter os seus familiares mais idosos, com qualidade nos cuidados e tratamentos”, de forma a proporcionar-lhes a continuidade dos seus projetos de vida.

“A forma como se encara a velhice tem de ser alterada. É preciso dar maior dignidade aos idosos”, defendeu a candidata, que se estreia como cabeça de lista concorrente à Câmara.

O movimento Vamos Amar Lagoa escolheu ainda a advogada Sofia Carvalho para liderar a lista à Assembleia Municipal de Lagoa, no sentido de aumentar a sua influência na gestão autárquica.

Ondina Santos tem como adversários o atual presidente da Câmara, Francisco Martins, que se recandidata a um segundo mandato nas listas do PS, e o antecessor deste na presidência do município, José Inácio, que volta a ser o candidato do PSD, depois de ter falhado a reeleição nas últimas autárquicas, Jorge Ramos (BE) e António Flamino (CDU).

Nas eleições autárquicas de 2013, o PS venceu com 41,68% dos votos (quatro eleitos), tendo o PSD alcançado 39,35% (três eleitos). A CDU foi a terceira força política mais votada (7,64%) seguida do BE (5,1%), partidos que não conseguiram nenhum mandato.

O PS lidera 10 dos 16 concelhos do distrito de Faro, sendo cinco liderados pelo PSD e um pela CDU.

Pub