Pub

O PS reforçou a sua posição no mapa autárquico do Algarve nas eleições de domingo, depois de arrebatar dois municípios ao PSD, passando a controlar agora 12 das 16 câmaras do distrito de Faro.

Nas eleições autárquicas de 2017, o PS já liderava mais de metade dos municípios algarvios, mas conseguiu, agora, aumentar de 10 para 12 o número de autarquias, com a conquista das câmaras de Monchique e Vila Real de Santo António, e no total obteve 40,74% dos votos.

Já o PSD reduziu de cinco para três o número de municípios no distrito, tendo a CDU ‘segurado’ a liderança de Silves, o único município comunista no Algarve.

Em Monchique, o socialista Paulo Alves foi eleito presidente com maioria absoluta, obtendo três dos cinco mandatos em disputa, após 12 anos de liderança social-democrata.

De acordo com dados provisórios do Ministério da Administração Interna, o PS obteve 49,61% dos votos, tendo o PSD sido o segundo partido mais votado, com 21,50% dos votos, e o CDS-PP o terceiro, com 13,23.

Aquela autarquia regressa, assim, aos socialistas, depois de ter sido governada nos últimos 12 anos por Rui André (PSD), que não se recandidatou devido à lei da limitação de mandatos, embora tivesse antes estado nas mãos do PS durante 27 anos.

Em Vila Real de Santo António, o PS conseguiu ‘roubar’ a autarquia ao PSD, elegendo Álvaro Araújo com 37,12% dos votos, obtendo três dos sete mandatos.

Em segundo lugar ficou o PSD, com 32,47% e três mandatos. A coligação formada por PCP/PEV somou 11,72% dos votos e um mandato.

A Câmara de Vila Real de Santo António era há 16 anos liderada pelo PSD, primeiro com Luís Gomes, que cumpriu três mandatos, e depois com Conceição Cabrita, que renunciou ao mandato em abril depois de ter sido detida por suspeitas de corrupção.

Além destas duas autarquias agora arrebatadas pelos socialistas, o PS manteve a liderança nas câmaras de Alcoutim, Aljezur, Lagoa, Lagos, Loulé, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Tavira e Vila do Bispo.

Já o PSD conseguiu apenas manter os municípios de Albufeira, Castro Marim e Faro.

No Algarve, a percentagem de abstenção foi de 54,1%.

com Lusa

AlbufeiraAlcoutimAljezur

Castro MarimFaroLagoa

LagosLouléMonchiqueOlhãoPortimãoSão Brás de AlportelSilvesTaviraVila do BispoVila Real de Santo António

Pub