Pub

A campanha solidária de Natal ‘10 Milhões de Estrelas – Um Gesto pela Paz’, promovida pela Cáritas Portuguesa, volta a reverter este ano para as pessoas necessitadas que recorrem ao apoio daquela instituição.

A iniciativa que visa financiar projetos sociais em Portugal, tendo também como objetivo este ano o combate às alterações climáticas nos países lusófonos, foi lançada no passado dia 14 de novembro em que a Igreja Católica assinalou o V Dia Mundial dos Pobres.

Assim, 65% das verbas angariadas na campanha anual destinam-se, no plano nacional, aos beneficiários das Cáritas Diocesanas; no âmbito internacional, os restantes 35%, serão aplicados em “projetos de resposta ao impacto das alterações climáticas” nos países lusófonos, para apoiar as populações mais vulneráveis.

No âmbito da campanha, a Cáritas propõe a todos os portugueses uma “adesão simbólica” aos valores da paz, associados à vivência do Natal, através da aquisição de uma ‘vela estrela’ de cor branca ou cor vermelha, no valor de 2 euros. As velas estarão à venda nas Cáritas Diocesanas – podendo ser pedidas à Cáritas algarvia através do email geral@caritasalgarve.pt ou do telefone 289829920 – e nas paróquias e também nas lojas Pingo Doce.

A Cáritas convida ainda cada português a acender a vela na noite de 24 de dezembro, véspera de Natal, e a colocá-la à janela de casa. A campanha de Natal para a catequese da diocese algarvia também sugeriu a compra da vela.

O presidente da Cáritas Diocesana do Algarve destaca que o valor atribuído àquela instituição visará ajudar os mais necessitados, quer a nível diocesano, quer a nível paroquial.

A operação ‘10 Milhões de Estrelas – Um Gesto pela Paz’ é uma iniciativa solidária que nasceu em França e que começou a ser promovida em Portugal em 2003, tendo como principal objetivo incentivar a sociedade civil, os cidadãos, a contribuírem para a melhoria das condições de vida de pessoas e povos desfavorecidos, atingidos por fenómenos como a pobreza, a guerra, as catástrofes naturais, as desigualdades sociais.

A campanha tem lugar durante o Advento (tempo litúrgico que precede o Natal no calendário católico) e é concretizada através de manifestações públicas de natureza religiosa, cívica, cultural e artística, desenvolvidas pela Cáritas Portuguesa e pelas Cáritas Diocesanas.

com Agência Ecclesia

Pub