Pub

O vereador Ivo Madeira, candidato do Bloco de Esquerda para a presidência da Câmara de Olhão nas próximas eleições autárquicas, defende como primeira prioridade mais habitação social para o concelho, do distrito de Faro.

Contactado pela agência Lusa, o candidato independente, que foi ontem apresentado em Olhão pela coordenadora nacional do BE, Catarina Martins, é atualmente vereador da autarquia.

“Olhão é um concelho com fortes necessidades de habitação social porque há muitas pessoas que vivem com rendimentos baixos”, justificou Ivo Madeira, sobre as razões de colocar esta matéria à cabeça das propostas da candidatura.

Outra área que Ivo Madeira considera prioritária para o concelho está ligada à administração do território, em particular do turismo.

“Não queremos que aconteça o mesmo que noutros concelhos algarvios, onde houve uma invasão de turismo de massas. Queremos um turismo sustentável, que explore nichos, sem que sejam necessárias grandes unidades hoteleiras”, advogou.

Para Ivo Madeira, professor aposentado de 66 anos, licenciado em Economia, “Olhão precisa de um turismo diferente porque é uma cidade diferente”.

Uma terceira proposta para o concelho é o “combate aos aumentos brutais do tarifário da água, numa população com carências económicas”.

“Na câmara já apresentámos uma proposta para declarar ilegal este aumento brutal, incomportável para a maioria dos munícipes”, acrescentou.

No início de abril, o Partido Comunista Português (PCP) anunciou o vereador Sebastião Coelho como cabeça de lista da CDU (Coligação Democrática Unitária) à Câmara de Olhão nas próximas eleições autárquicas, que se irão realizar em 01 de outubro.

Pub