Pub

Os Caminheiros e Companheiros (escuteiros dos 18 aos 22 anos, respetivamente dos ramos terrestre e marítimo) do Corpo Nacional de Escutas (CNE) celebraram este ano o seu patrono – São Paulo – de forma diferente devido à covid-19.

A atividade, dinamizada pela Secretaria Pedagógica da IV Secção do CNE sob o lema “Porque Em Ti Podem Estar Os Olhos De Deus”, teve como imaginário o episódio do apedrejamento de Santo Estevão, narrado no livro dos Atos dos Apóstolos.

Inspirados por esta passagem da Bíblia, todos os Caminheiros e Companheiros foram convidados a idealizar em Clã/Comunidade um projeto de serviço que possa ser realizado no futuro, logo que existam condições para ser desenvolvido em segurança.

Os projetos de serviço foram submetidos, através de formulário próprio, até ao dia 30 de janeiro. Foram recebidas mais de 15 propostas que serão divulgados brevemente no sítio da internet da Junta Regional do Algarve do CNE.

O culminar da celebração do patrono decorreu no dia 30 de janeiro com o Fogo de Conselho realizado em ambiente digital, participado por quase 120 Caminheiros, Companheiros e dirigentes de vários agrupamentos do Algarve, iniciativa que teve tradução em língua gestual.

Durante a atividade – em que os participantes realizaram ainda um ‘quiz’ sobre o Dia de São Paulo, o próprio patrono, o imaginário da atividade e o CNE – o episódio bíblico que inspirou o seu imaginário foi transposto em muito dos seus momentos para os dias de hoje, tendo servido de mote para a reflexão proposta aos escuteiros.

A atividade comemorativa do Dia de São Paulo é assinalada anualmente no fim-de-semana mais próximo do dia da solenidade litúrgica da conversão do apóstolo, 25 de janeiro.

Pub