Pub

Cerca de 1.300 escuteiros de 27 dos 35 agrupamentos algarvios do Corpo Nacional de Escutas (CNE) participaram este fim-de-semana no acampamento que retomou em Algoz as comemorações do Dia de Baden-Powell (BP), ocorrido na passagem do seu 163º aniversário natalício celebrado no passado dia 22 de fevereiro.

Dia_bp_2020-1O Dia de BP foi retomado após os dois últimos anos em que a atividade foi substituída pelo Dia do CNE. Este ano, a iniciativa comemorativa do dia do fundador mundial do escutismo teve como lema “Olhar o mundo como Ele o vê” e decorreu no Parque de Feiras de Algoz, com início no sábado de manhã com o ‘checkin’ e as montagens de campo. Depois do almoço decorreu a abertura da atividade e jogos realizados pela vila em agrupamento.

À noite, o tradicional Fogo de Conselho, momento de formação e partilha das vivências do dia, convívio e animação, decorreu na Escola EB 2,3 e contou com a atuação do grupo Magnificat, composto pelo Coro Juvenil de São Pedro do Mar, da paróquia de Quarteira, e dos agrupamentos 413 de Ferragudo, 1052 de Quarteira e 1398 Nossa Senhora do Amparo, de Portimão.

Dia_bp_2020-13Ontem, após a alvorada foi celebrada a eucaristia campal presidida pelo bispo do Algarve. D. Manuel Quintas começou por salientar o “quão grato” está ao movimento escutista “por tudo aquilo que o CNE representa no Algarve” e para a diocese. “Vede em Baden-Powell alguém que vos ajuda a viver e a celebrar de uma maneira mais autêntica a fé e que encarnou, de uma maneira muito prática que vós experienciais, os valores do próprio evangelho”, pediu aos escuteiros.

Dia_bp_2020-17D. Manuel Quintas desafiou-os ainda à vivência da presente Quaresma. “É um tempo em que devemos estar mais despertos, mais atentos para encontrar o melhor que há em nós, nos outros e, sobretudo, na palavra de Deus, o que há de melhor no escutismo também, nos valores que iluminam este movimento há tanto tempo e que ajudam todos a crescer”, realçou.

Dia_bp_2020-19Depois da eucaristia, concelebradas pelos padres Nuno Coelho, assistente regional do CNE, e Nuno da Rocha, assistente do Agrupamento 1370 de Vila Real de Santo António, realizou-se um jogo por equipas verticais constituídas por elementos de cada agrupamento participante e das quatro secções escutistas.

Dia_bp_2020-21Após o almoço, foi feita a desmontagem do campo e o encerramento da atividade promovida pela Junta Regional do Algarve do CNE, em colaboração com o Agrupamento 1293 de Algoz.

Dia_bp_2020-24O CNE, fundado no Algarve em 1932 pelo cónego José Augusto Vieira Falé, conta atualmente com 35 agrupamentos num total de quase 2.400 elementos.

Pub