Pub

A Junta Regional do Algarve do Corpo Nacional de Escutas (CNE) apresentou no passado dia 3 deste mês a nova plataforma daquele movimento na internet.

Era uma necessidade antiga do CNE no Algarve, também como ferramenta de relação entre a Junta Regional e os 34 agrupamentos escutistas da região e do próprio movimento com quem está fora dele.

Isso mesmo fez questão de destacar o chefe regional do CNE, na sessão de apresentação transmitida em direto nas redes sociais, garantindo que o novo sítio online em http://algarve.escutismo.pt “será certamente uma plataforma de apoio ao CNE Algarve”, “uma ferramenta onde [os agrupamentos] poderão encontrar diversos documentos de apoio, nomeadamente pedagógicos”.

“Será certamente um espaço de divulgação da vida da nossa associação na nossa região. Será um espaço também onde poderão encontrar os contactos dos agrupamentos, dos órgãos regionais, bem como dos serviços regionais. Que os seus conteúdos possam educar e esclarecer o público-alvo, nomeadamente dirigentes e escuteiros e até outras pessoas que estejam à parte da nossa associação”, complementou Luís Cabrita, acrescentando que a plataforma “será um processo sempre em construção”.

Para além dos aspetos destacados por aquele dirigente, a nova plataforma digital inclui ainda a apresentação do projeto da atual da Junta Regional, com a sua simbologia, dinâmica trienal e uma mensagem do chefe regional, bem como um espaço de calendarização das atividades previstas, uma área de informação dedicada ao Depósito de Material e Fardamento e um espaço para divulgação de notícias (ainda em construção).

O CNE, fundado no Algarve em 1932 pelo cónego José Augusto Vieira Falé, conta atualmente com quase 2.400 elementos.

Posted by Escutismo Algarve on Thursday, 3 September 2020

Pub