Pub

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Realizou-se no passado sábado em Silves o Encontro Regional de Caminheiros e Companheiros, (escuteiros dos 18 aos 22 anos, respetivamente dos ramos terrestre e marítimo) dos diversos agrupamentos algarvios do Corpo Nacional de Escutas (CNE).

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

A atividade, promovida pela Secretaria da IV Secção da Junta Regional do Algarve do CNE, como acontece habitualmente, foi constituída pela dupla componente de convívio e de trabalho.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Após o acolhimento na Fissul e a divisão por grupos (clãs), os cerca de 100 Caminheiros e Companheiros procederam à revisão da ‘Carta de Clã’, um documento no qual estabelecem anualmente os objetivos que se propõem cumprir. As propostas de alterações foram depois apresentadas e discutidas em plenário, tendo a carta de intenções sido assinada por todos.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Foram depois apresentadas propostas para o imaginário do próximo Dia de São Paulo (patrono dos Caminheiros e Companheiros), a realizar-se em janeiro de 2017.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Da parte da tarde, os Caminheiros e Companheiros, acompanhados dos cerca de 20 dirigentes dos agrupamentos algarvios presentes no Encontro Regional, realizaram uma ação de reflorestação na zona do Falacho que foi ao encontro de uma proposta da Secretaria Nacional para o Ambiente e Prevenção, do CNE, inserida na iniciativa mundial “Trees for the World” (Árvores para o Mundo).

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

A proposta visa a plantação de árvores autóctones entre os meses de outubro e novembro deste ano, sendo que a obtenção da insígnia do “Trees for the World” implica a realização de um relatório.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

O CNE foi fundado no dia 27 de maio de 1923, por ação de D. Manuel Vieira de Matos, arcebispo de Braga, e está atualmente presente em todas as dioceses de Portugal, registando um efetivo de 73.000 associados (59.000 crianças e jovens e 14.000 adultos), sendo que no Algarve são cerca de 2.200 elementos pertencentes a 33 agrupamentos, com cerca de 281 Caminheiros e Companheiros no total.

Pub