Pub

© Carlos Barroso/Lusa
© Carlos Barroso/Lusa

O Algarve foi a região do continente com maior percentagem de abstenção, 71,45%, nas eleições europeias de ontem, um valor bastante acima da média que se fixou nos 65%.

E mesmo, no conjunto das regiões do território nacional que incluem as regiões autónomas, só os Açores tiveram maior abstenção do que o distrito de Faro, nesse recorde de não votantes fixado nos 80,26% que somados aos votos brancos (6,41%) e nulos (2,14%) atinge o valor de 88,81%.

No continente, depois do distrito de Faro, aparecem com maior valor de abstenção os distritos de Bragança (71,07%) e Viana do Castelo (69,3%).

A abstenção registada no Algarve supera mesmo a das últimas eleições europeias em 2009 em que a percentagem de não votantes foi de 67,46%, sendo que na altura os brancos representaram 5,59% e os nulos 2,13%.

Em relação a este ano, se ao número dos eleitores que no Algarve não votaram somarmos o valor dos votos em branco (4,62%) e dos votos nulos (3,06%), então a percentagem dos algarvios que ontem não contribuíram para a escolha dos eurodeputados sobe para 83,13%.

No entanto, no Algarve o PS ganhou à coligação PSD-CDS/PP, comparando com as anteriores europeias, com 31,01% dos votos (25,02% em 2009), segundo a Direção-Geral de Administração Interna do Ministério da Administração Interna.

A Aliança Portugal obteve 21,91% dos votos (os dois partidos obtiveram 35,13% em 2009).

A coligação comunista PCP- PEV (CDU) subiu a sua votação de 2009 (10,35%) para os 14,01% nestas eleições europeias.

O PS ganhou em todos os concelhos algarvios, sendo que foi em Alcoutim que obteve maior a percentagem (45,31%) e em Olhão a menor (28,98). A Aliança Portugal, em segundo lugar na maioria dos concelhos algarvios (exceto Aljezur, Silves e Vila Real de Santo António onde a CDU a alcançar a segunda posição), obteve a sua melhor votação em Loulé (29,18) e a pior em Aljezur (14,36). A CDU teve a votação mais expressiva no concelho de Vila Real de Santo António (22,33%) e a menos significativa no de Loulé (9,44%).

com Lusa

Resultados_eleicoes_europeias_2014

Pub