Pub

Dieta_mediterranica2A inovação vai estar em foco no primeiro Festival da Gastronomia – Dieta Mediterrânica que vai decorrer na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, no dia 22, disse à Lusa a coordenadora do evento, Catarina Cruz.

A ideia foi criar “um evento que promovesse a gastronomia, nomeadamente a gastronomia regional na sua vertente de inovação”, observou Catarina Cruz, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve.

A inscrição da “Dieta Mediterrânica” como Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO em 2013 deu visibilidade internacional à gastronomia regional e nacional, que a organização quer promover de forma articulada.

O Convento de São Francisco, onde funciona a Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, em Faro, vai receber durante a tarde um concurso de gastronomia, onde sete ‘chefs’ de restaurantes algarvios vão preparar pratos que combinem a inovação à tradição.

No mesmo período decorrerá um concurso de decoração de mesas com recurso a produtos tradicionais e artesanato algarvio.

O recinto abre ao público a partir das 19:00 e contará com espaços de degustação de pratos preparados pelos ‘chefs’ que participaram no concurso e de alguns pratos preparados pelos alunos da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve que participam no evento com uma mostra dos conhecimentos adquiridos no ano letivo.

O evento conta ainda com uma área de exposição e venda de produtos tradicionais e outra área para produtos inovadores da cozinha algarvia mediterrânica, como é o caso dos doces, a salicórnia (planta utilizada como substituto do sal e que cresce nas salinas), do licor de tomilho cabeçudo, os azeites aromatizados, as trufas de figo ou a manteiga de alfarroba.

Cada entrada custa um euro e as receitas da bilheteira reverterão nesta primeira edição para os bombeiros de Faro.

Pub