Pub

© Luís Forra/Lusa
© Luís Forra/Lusa

O britânico Geraint Thomas (Sky) confirmou ontem a vitória na 41.ª edição da Volta ao Algarve em bicicleta, após a quinta e última etapa, ganha ao ‘sprint’ pelo alemão André Greipel (Lotto Soudal).

O corredor mais vitorioso de 2014 obteve ontem o primeiro triunfo de 2015 na tirada de 184,9 quilómetros entre Almodôvar e Vilamoura, cumprida em 4:15.40 horas, batendo o belga Tom van Asboreck (LottoNL-Jumbo) e o holandês Raymond Kreder (Roompot).

Geraint Thomas chegou integrado no pelotão e confirmou o triunfo na prova, sucedendo no historial de vencedores ao polaco Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), que terminou em segundo, a 27 segundos, enquanto o português Tiago Machado (Katusha) ficou em terceiro, a 1.11 minutos.

Em declarações no final da derradeira etapa, Geraint Thomas, mostrou-se surpreendido com o resultado alcançado na prova. “Não esperava ganhar no Algarve porque o líder designado era o Richie Porte. Arrisquei no segundo dia, conquistei a camisola amarela e a partir daí foi uma semana incrível para a equipa, que ganhou duas etapas, a geral, e duas camisolas”, afirmou.

O ciclista não escondeu a satisfação com a vitória que terá sido motivadora para as restantes provas do calendário deste ano. “Estou satisfeito com a minha forma, tenho um grande mês pela frente, com o Paris-Nice e com as clássicas e anseio pelas próximas corridas. Isto é fantástico. Não ganho com muita frequência, mas olhando para a lista dos últimos vencedores e para as equipas presentes é uma sensação ótima ganhar uma etapa e defender a amarela até ao final”, referiu.

com Lusa

Pub