Inicio | Igreja | Imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima foi acolhida em Lagoa

Imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima foi acolhida em Lagoa

Visita_lagoa_imagem_peregrina_n_sra_fatima (14)
Foto © Samuel Mendonça

A imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima chegou ontem à noite a Lagoa, vinda de Monchique, onde esteve desde domingo à tarde, depois de ter saído de Portimão.

Recebida junto ao antigo hospital, a imagem seguiu até à igreja matriz em procissão presidida pelo padre Miguel Ângelo Pereira, vigário paroquial de Lagoa. “Que a procissão seja símbolo da nossa caminhada interior, iluminados pelas velas, símbolo da luz da fé batismal”, desejou o sacerdote.

Junto à igreja, a imagem foi retirada do veículo que a transporta e entronizada no templo para a eucaristia que se seguiu.

Na celebração, presidida pelo pároco de Lagoa, o sacerdote destacou Maria como “modelo da mulher de fé” e “aquela que sempre acompanhou a história da Igreja”, lembrando que Nossa Senhora “esteve sempre ligada às primeiras comunidades cristãs”.

O padre José Nunes, que lembrou a última visita da imagem peregrina àquela paróquia em 2008, aludiu às “muitas peregrinações” feitas pelos presentes a Fátima, destacando que agora foi Maria que “quis vir em peregrinação”. “Ela veio como que ver o que nós mudámos entretanto, se estamos mais perto ou ainda longe da pessoa de Jesus Cristo”, afirmou.

Considerando que Nossa Senhora é a “mulher do serviço”, o prior de Lagoa recordou que foi Jesus que entregou Maria ao discípulo João como Mãe da humanidade. “Amando o seu filho Jesus Cristo estamos também a manifestar o apreço que temos por ela, sua Mãe e nossa Mãe”, referiu.

O sacerdote destacou que Maria veio pedir para fazer o que Jesus disser. “Maria é como que intercessora das nossas preocupações”, afirmou, considerando que a sua visita deverá servir para “reavivar a memória”. “Que ela, como Mãe, nos faça compreender que é seguindo o Pastor que é o seu filho que se segue o caminho que nos leva à casa do Pai. Que a sua passagem por aqui nos faça ter vontade de querer conhecer, cada vez, melhor os mistérios de Jesus”, acrescentou.

O padre José Nunes advertiu ainda que “quem não está próximo da Igreja, não está próximo de Maria”.

Esta tarde a imagem partiu de Lagoa com destino a Quarteira, onde deverá chegar por volta das 21h, passando por Porches, Armação de Pêra, Alcantarilha, Pêra e Vilamoura.

Verifique também

Peregrinação desafiou famílias das paróquias da vigararia de Loulé a serem “evangelizadoras do amor”

As famílias das paróquias que constituem a vigararia de Loulé peregrinaram no passado sábado a …