Inicio | Sociedade | Ministério da Educação lamenta acidente na Hungria que matou aluna de Faro e diz que já foi disponibilizado apoio

Ministério da Educação lamenta acidente na Hungria que matou aluna de Faro e diz que já foi disponibilizado apoio

Foto © EPA/Zoltan Mihadak

O Ministério da Educação lamentou hoje o acidente na Hungria com um autocarro da Escola Secundária de Pinheiro e Rosa, em Faro, que provocou a morte de uma aluna e ferimentos num estudante, adiantando que foi já disponibilizado apoio.

No autocarro, seguiam seis alunos e dois professores daquele estabelecimento de ensino integrados numa iniciativa de intercâmbio estudantil no âmbito do programa Erasmus+: Comenius, afirma o Ministério numa nota à imprensa, em que adianta ter sido já disponibilizado apoio psicológico às famílias dos estudantes, bem como à comunidade escolar em geral.

“A Embaixada Portuguesa na Hungria está a desenvolver as diligências necessárias junto das autoridades daquele país, estando a acompanhar os alunos e professores envolvidos no acidente”, lê-se no documento.

Os responsáveis do Ministério da Educação estão “em contacto próximo” com a direção da escola, com a Câmara Municipal de Faro e com a Embaixada Portuguesa para que, em conjunto, seja feito o acompanhamento de toda a situação e das necessárias diligências, de acordo com a mesma fonte.

O Ministério da Educação endereça “as mais sentidas condolências à família e a toda a comunidade educativa”.

O secretário de Estado das Comunidades já afirmou que a embaixadora portuguesa na Hungria está a acompanhar de perto o assunto.

com Lusa

Verifique também

PJ detém militar suspeito de abusar sexualmente de menor no concelho de Tavira

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção, na quinta-feira, de um militar de 25 …

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.