Pub

Foto © Samuel Mendonça

O Movimento da Mensagem de Fátima (MMF) realizou no passado sábado uma jornada de formação com o objetivo de dar a conhecer os acontecimentos ocorridos em 1917 na Cova da Iria e a mensagem com eles relacionada.

A iniciativa do Secretariado do MMF da Diocese do Algarve, destinada particularmente a catequistas, mas também a outras pessoas, contou com cerca de 60 participantes de diversas paróquias algarvias.

A presidente do Secretariado Diocesano do MMF explicou a Folha do Domingo que a finalidade daquela formação visou a revitalização do movimento no Algarve e mostrar que a mensagem de Fátima “continua atual”. “O movimento esteve muito parado durante anos e «morreu» porque já estava entregue a pessoas de muita idade”, explicou Maria Ângela Mendonça, lembrando que a associação teve muita implantação no Algarve na segunda metade do século passado.

“As pessoas estão recetivas à mensagem. Muita gente gosta de ir a Fátima agradecer e fazer os seus pedidos, mas entender a mensagem de Nossa Senhora, às vezes, estamos um bocado distraídos nesse aspeto”, acrescentou aquela responsável.

O Secretariado Diocesano do MMF pretende agora ajudar a formar em cada paróquia algarvia uma direção do movimento que continuará depois a ser assistida pela direção diocesana, à semelhança do que já acontece nas paróquias de Monchique e Olhão.

Foto © Samuel Mendonça

O bispo do Algarve nomeou a atual equipa responsável do MMF no Algarve em dezembro de 2015 e, em dezembro do ano passado, o movimento realizou um Conselho Diocesano no Centro Pastoral e Social da Diocese do Algarve com a participação de 103 elementos de toda a diocese. Já este ano, os membros do Secretariado Diocesano do MMF participaram numa iniciativa de formação promovida pelo Secretariado Nacional. “Fomos a Fátima fazer um curso de formadores durante dois dias de formação intensiva no qual pediram que cada grupo viesse para a sua diocese dar formação sobre a Mensagem de Fátima”, conta Maria Ângela Mendonça.

No sábado, a formação, que teve lugar no Centro Pastoral de Pêra, teve início com o acolhimento e a oração da manhã, seguindo-se a apresentação e a introdução da jornada que abordou o contexto histórico na Europa e, particularmente, em Portugal. Foi também apresentado o perfil dos pastorinhos, as aparições do anjo e de Nossa Senhora, bem como os apelos da sua mensagem e o dia, que contou também com a recitação do rosário, terminou com a celebração da eucaristia, presidida pelo padre José Joaquim Campôa.

O Movimento da Mensagem de Fátima é uma associação pública de fiéis, com personalidade jurídica pública, ereta pela Conferência Episcopal Portuguesa, com caráter nacional.

Pub