Pub

Foto © Migaça Marques

A Cáritas Diocesana do Algarve tem novos órgãos sociais nomeados pelo bispo do Algarve que tomaram ontem posse por mais um quadriénio (2017-2021).

Tendo como assistente o padre Carlos de Aquino, a nova direção é constituída pelo presidente Carlos Oliveira, pela tesoureira Isilda Delfino, pelos vogais Luís Henriques, Mariana Piteira Santos, Patrícia Mendonça e Luís Agostinho.

O conselho fiscal é constituído pela presidente Maria Antonieta Carneiro e pelas vogais Vanda Rosa e Rita Chaves.

Na eucaristia de ordenação do diácono Tiago Veríssimo, na igreja de Aljezur, onde decorreu a tomada de posse dos órgãos sociais, o bispo do Algarve destacou a Cáritas como instituição que “procura ser presença de Cristo e da Igreja junto dos mais necessitados”. D. Manuel Quintas agradeceu ainda a cada um dos novos dirigentes. “À Cáritas e a cada um de vós o meu, o nosso, obrigado por este serviço que prestais junto dos mais necessitados em nome também da nossa Igreja diocesana”, afirmou.

Foto © Migaça Marques

No dia de ontem, em que se assinalou igualmente, o I Dia Mundial dos Pobres, instituído pelo papa Francisco, o prelado manifestou ainda um desejo: “que a escolha deste dia e desta ordenação diaconal para o início deste novo mandato possa constituir para todos nós desafio e apelo a crescermos na sensibilidade e na mobilização para ir ao encontro dos mais necessitados”.

Depois de lida e assinada a provisão de nomeação do bispo do Algarve, feita no passado dia 27 de Setembro, foi recitada a oração de compromisso e aquele documento foi assinado pelos empossados e pelo bispo do Algarve.

Pub