Inicio | Política | O Presidente da República eleito também foi o mais votado no Algarve

O Presidente da República eleito também foi o mais votado no Algarve

Foto © EPA/Mário Cruz
Foto © EPA/Mário Cruz

Marcelo Rebelo de Sousa, o candidato que ontem ganhou as eleições presidenciais com 52 por cento da votação, foi também o mais votado no distrito de Faro, com 47,62 por cento (76.560 votos) dos 164.669 votos, nas 67 freguesias algarvias.

Em segundo lugar ficou o candidato Sampaio da Nóvoa com 23,83 por cento (38.311 votos) do total de votos, seguindo-se em terceiro lugar a candidata Marisa Matias com 13,83 por cento (22.155 votos) da votação e em quarto a candidata Maria de Belém com 4,40 por cento (7.071 votos) do total de votos. Edgar Silva foi o candidato que ficou em quinto lugar com 3,55 por cento (5.710 votos), seguindo-se Paulo de Morais com 2,96 por cento (4.767 votos), Vitorino Silva com 2,67 por cento (4.290 votos), Henrique Neto com 0,71 por cento (1.144 votos), Cândido Ferreira com 0,24 por cento (392 votos) e Jorge Sequeira com a mesma percentagem, embora com menos votos (379 votos).

A abstenção atingiu os 55,65 por cento, um valor superior à abstenção registada a nível nacional (51,16 por cento), e os votos brancos foram 1,37 por cento (2.251 votos) e os nulos de 1 por cento (1.639 votos).

No Algarve, Rebelo de Sousa ganhou em todos os concelhos, tendo obtido a melhor votação no concelho de Loulé (55,77 por cento) e a mais baixa no concelho de Aljezur (37,19 por cento).

A única freguesia do Algarve onde o Presidente da República eleito não ganhou foi no Barão de São Miguel, concelho de Vila do Bispo. Ali, Sampaio da Nóvoa teve 30,43 por cento dos votos contra os 27,54 por cento de Marcelo Rebelo de Sousa.

Marisa Matias consegue o seu melhor resultado no concelho de Olhão com 16,75 por cento e o pior acontece no concelho de Alcoutim onde não vai além dos 8,07 por cento, ficando em quarto lugar, atrás de Maria de Belém que ali obteve 8,23 por cento.

O concelho de Vila Real de Santo António foi o mais favorável a Edgar Silva onde obteve 7,77 por cento dos votos, ficando em quarto lugar, e o de Loulé o mais desfavorável àquele candidato não tendo ido ali além dos 2,18 por cento, ficando mesmo atrás de Vitorino Silva (5º) e de Paulo de Morais (6º).

Em relação a Maria de Belém, o concelho algarvio que lhe foi mais favorável foi o de Alcoutim onde alcançou 8,23 por cento dos votos e o de Loulé foi aquele onde obteve a votação mais baixa: 3,84 por cento.

Resultados no distrito de Faro

Resultados_eleicoes_presidenciais_algarve_2016

Verifique também

Ministério garante que agricultores afetados pelo fogo de Monchique que se candidatem terão apoio

O Ministério da Agricultura informou que todos os agricultores afetados pelo incêndio de Monchique que …