Pub

A ‘Semana Conviva’ tinha sido anunciada no passado dia 5 de setembro, na iniciativa que assinalou no Algarve o Encontro Nacional do Movimento dos Convívios Fraternos que costuma ter lugar anualmente em Fátima e que este ano pôde realizar-se devido à pandemia de covid-19.

O diretor espiritual no Algarve daquele movimento tinha adiantado que a ‘Semana Conviva’ seria promovida em vez do Convívio Fraterno que costuma ocorrer incluindo o primeiro fim-de-semana de novembro e que este ano não se poderá realizar pelo mesmo motivo.

“O encerramento do convívio era sempre ocasião de reencontro entre convivas e, deste modo, procura-se fomentar três coisas: o reencontro entre convivas, o reacender da chama da fé acendida nos Convívios feitos em anos anteriores e um estímulo no chamamento dos jovens à vida de fé em comunidade, nas suas comunidades cristãs”, esclareceu o padre António de Freitas ao Folha do Domingo.

Cartaz

O programa da iniciativa, agora divulgado, e que irá decorrer de 25 de 31 deste mês sob o tema “(Re)constrói a tua fé em Igreja”, será aberto com uma mensagem do diretor espiritual e todos os dias, pelas 21h30, contará uma mensagem de elementos da equipa, seguida de testemunhos, momentos de adoração eucarística ou de oração do terço.

A organização explicou que a programação visa promover o encontro pessoal, com Deus e com os outros e ainda a dimensão vocacional.

No dia 27, a adoração eucarística contará com transmissão online na página do Facebook dos Convívios Fraternos no Algarve, bem como a oração do terço no dia 29 e a eucaristia de encerramento, no dia 31 pelas 12h na igreja de Pêra, que também terá participação presencial.

Pub