Pub

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

Decorre desde o último domingo, a Semana Nacional da Cáritas, prolongando-se até ao próximo dia 8 deste mês.

Durante esta semana nacional, este ano sob o tema “Num só coração, uma só família humana”, a organização católica promove, além do peditório público em todo o país, um programa específico nas várias dioceses com conferências, exposições e dádivas de sangue.

No âmbito desta semana, a Cáritas Portuguesa promove também entre hoje e domingo o seu peditório público nacional, uma iniciativa anual que visa recolher fundos que permitam responder a “situações de emergência socioeconómica”, explica a organização católica.

Segundo o comunicado enviado à Agência Ecclesia, as várias dioceses têm recebido pedidos de ajuda que superam as “reais possibilidades financeiras existentes”.

Eugénio Fonseca, presidente da Cáritas Portuguesa, assinala que a partilha dos bens é “uma forma, entre outras, de corresponsabilidade e de solidariedade com aqueles que, infelizmente, vivem de uma forma mais direta e agressiva os efeitos deixados e, ainda sentidos, pela crise que afeta Portugal” há seis anos.

“O primeiro apelo é, por isso, a todos os que tenham condições económicas, possam contribuir, o montante será de acordo com as possibilidades de cada um, neste peditório e, assim, partilhar o seu coração com a Cáritas”, escreve.

A organização católica agradece aos voluntários empenhados no peditório, uma das iniciativas mais visíveis da Semana Nacional da Cáritas.

No contexto desta semana, a Cáritas Diocesana do Algarve promoveu já no último sábado as XIV Jornadas de Ação Sociocaritativa e ontem esteve presente num seminário na Escola Superior de Educação e Comunicação da Universidade do Algarve, promovido para os alunos do curso de Educação Social, que visou apresentar as suas áreas prioritárias de intervenção, bem como as incidências e problemáticas sociais existentes na região algarvia.

Para além de participar no peditório público nacional, a Cáritas do Algarve promove ainda no dia 7 deste mês uma recolha de alimentos em cinco supermercados de Faro e a celebração do Dia Nacional da Cáritas, 8 de março, em todas as comunidades paroquiais, sendo que o peditório das missas nesse dia reverte para apoio da Cáritas Diocesana na sua missão.

Este ano a Cáritas promove também uma campanha através da rede social Facebook, pedindo a todas as pessoas que tirem uma fotografia (ou façam um vídeo) no qual manifestem a sua adesão à causa da organização, com a frase ‘Eu partilho o meu coração com a Cáritas’ e o marcador (hashtag) ‘#‎partilhaoteucoração’.

com Ecclesia

Pub