Inicio | Educação | Arrancou ontem o XIII Acampamento Regional dos Escutas do Algarve

Arrancou ontem o XIII Acampamento Regional dos Escutas do Algarve

Abertura_acareg_2019-2
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Arrancou ontem, com a participação de cerca de 1.300 elementos de toda a região algarvia, o XIII Acampamento Regional (ACAREG) do Algarve do Corpo Nacional de Escutas (CNE) que decorre até domingo no sítio do Vale das Almas, concelho de Faro (local onde se realiza anualmente a Concentração Internacional de Motos promovida pelo Moto Clube de Faro).

Depois da chegada e da montagem do acampamento com subcampos para cada uma das quatro secções (Lobitos, Exploradores, Pioneiros e Caminheiros), que decorreu durante todo o dia, à noite realizou-se a abertura do XIII ACAREG que tem como tema “Lado a Lado És…”, e como imaginário o “Tetris”, um dos primeiros jogos eletrónicos de grande popularidade em todo o mundo.

A cerimónia de abertura oficial do ACAREG 2019, promovido pela Junta Regional do Algarve do CNE, teve início com o vídeo de apresentação elaborado no contexto dos trabalhos de preparação do evento realizados pelos escuteiros dos diversos agrupamentos.

Seguiu-se um momento de dança e a apresentação do hino do ACAREG intitulado “O Herói És Tu”, composto pelo Agrupamento 714 Albufeira, com letra de Bruno Ferreira, Carolina Dias, Catarina Sacramento, Laura Mendes, Sara Libereiro e Tomás Agapito e música de Alexandre Marcelino, Bruno Ferreira, Carolina Dias, Catarina Sacramento e Laura Mendes.

Abertura_acareg_2019-2
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A noite, onde não faltou a animação pela presença das mascotes das quatro secções, criadas sob inspiração dos videojogos, prosseguiu com a intervenção do chefe regional do Algarve do CNE que começou por agradecer às entidades presentes. “Quero desejar a todos vós uma semana cheia de entusiasmo, de vivências e que de ‘lado a lado’ possamos transformar a nossa sociedade de uma forma diferente, para que possamos ser mais alegres, construtores e aventureiros da nova aventura para que depois possamos ser a mudança”, afirmou Luís Cabrita, que agradeceu ainda aos restantes dirigentes pela colaboração no evento.

Abertura_acareg_2019-2
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O vice-reitor da Universidade do Algarve, uma das instituições e entidades que os escuteiros irão conhecer e com as quais irão colaborar durante a semana, regozijou-se com a parceria. “Vão ter oportunidade de passar também pela Universidade do Algarve, quer no Campus de Gambelas, quer no Campus da Penha. Espero que gostem e que muitos de vocês venham a ser estudantes da Universidade do Algarve”, afirmou Saúl Neves de Jesus, reconhecendo a presença já de muitos dos escuteiros mais velhos na academia.

Abertura_acareg_2019-2
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

“Vão durante esta semana partilhar experiências e desenvolver aqueles que são os valores dos escuteiros: solidariedade, trabalho em equipa, amizade. São também valores que nós na Universidade do Algarve procuramos fomentar”, acrescentou.

Abertura_acareg_2019-2
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Também o diretor regional do Instituto Português do Desporto e Juventude destacou a parceria com o CNE. “O Corpo Nacional de Escutas, ao longo dos anos, tem trabalhado muito com o Instituto da Juventude. É uma associação com muito trabalho e que nós respeitamos muito. Vocês são realmente uma associação que trabalha junto das comunidades e com as famílias. Por isso, a minha palavra aqui é só de profundo reconhecimento e de agradecimento”, afirmou Custódio Moreno.

Abertura_acareg_2019-2
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Por fim, o chefe de campo e antigo chefe regional alertou os participantes que “o desafio deste ACAREG não é o de apenas participar na atividade”. “Neste XIII ACAREG seremos desafiados a sermos parte de um todo. Que entre todos aqui presentes possamos viver ‘lado a lado’ com os Lobitos, descobrindo a alegria da amizade, da justiça, da tolerância e da paz; viver ‘lado a lado’ com os Exploradores e Moços, trilhando caminhos da aventura; viver ‘lado a lado’ com os Pioneiros e Marinheiros, apoiando na construção de novos caminhos; viver ‘lado a lado’ com os Caminheiros e Companheiros, buscando a mudança rumo ao ideal do homem novo”, afirmou José Cercas Vicente.

“Sejamos verdadeiras «peças» do “Tetris” e tornemos este XIII ACAREG numa atividade inesquecível não só para nós, mas para todos os outros que connosco partilham esta semana. Ao longo destes seis dias de atividade convidamo-vos a construir laços, sorrir, brincar e, sobretudo, viver esta grande aventura, seguindo o ideal de BP [Baden-Powell, fundador mundial do escutismo] e os ensinamentos do nosso grande mestre Jesus Cristo”, acrescentou.

A cerimónia de abertura contou ainda com a presença de Fernando Lima, coordenador da equipa nacional dos escuteiros marítimos em representação da Junta Central do CNE, do padre Nuno Coelho, assistente regional do CNE, e de um representante da capitania do Porto de Faro.

Segundo a Junta Regional do CNE, estão a participar no ACAREG 2019 que se prolongará até domingo 245 da I secção (Lobitos – escuteiros dos 6 aos 10 anos), 452 da II (Exploradores e Moços – escuteiros dos 10 aos 14 anos, respetivamente dos ramos terrestre e marítimo), 284 da III (Pioneiros e Marinheiros – escuteiros dos 14 aos 18 anos, respetivamente dos ramos terrestre e marítimo), 85 da IV (Caminheiros e Companheiros – escuteiros dos 18 aos 22 anos, respetivamente dos ramos terrestre e marítimo) e 191 dirigentes. A estes juntaram-se ainda cerca de 28 Exploradores e Pioneiros e dois dirigentes do Agrupamento 722 de Santiago do Cacém.

Hoje e ao longo dos dias próximos dias decorrem as atividades por secções e no dia 7, às 21h30, será promovida a Grande Festa, na véspera do encerramento. No dia 8 de setembro, a eucaristia de encerramento será presidida pelas 9h pelo bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, e de tarde será feita a conclusão do ACAREG e a saída de campo.

O movimento, fundado em 1932 no Algarve pelo cónego José Augusto Vieira Falé, conta atualmente com 35 agrupamentos num total de quase 2.400 elementos.

Verifique também

Diocese do Algarve começou a implementar a nova formação inicial para catequistas

O novo curso de formação inicial para catequistas, implementado este ano de modo experimental a …

Folha do Domingo

GRÁTIS
BAIXAR