Pub

A família, residente no Sobradinho do Alfeição, freguesia de São Clemente (Loulé), foi surpreendida quando jantava, cerca das 20 horas.

De acordo com o relato do oficial de relações públicas da GNR, os assaltantes “arrombaram uma janela para entrar na habitação, ameaçaram os proprietários com facas e pés-de-cabra e depois trancaram-nos na casa-de-banho”.

O grupo de assaltantes, que as autoridades suspeitam ser composto por homens provenientes do Leste Europeu e do Brasil, agrediu o homem, de 62 anos, e a mulher, de 59, para os obrigar a revelar os códigos secretos dos cartões bancários.

O Major Victor Calado, da GNR, refere ter-se tratado de “um assalto bastante violento”, tendo o casal sido assistido pelo INEM devido aos ferimentos e escoriações que apresentava.

Os filhos, duas crianças de 12 e 13 anos, escaparam ilesos, embora estejam em estado de choque. Segundo fonte próxima da família, “o casal ficou em pânico e as crianças não tiveram qualquer apoio psicológico, pelo que o casal decidiu mudá-los temporariamente para a casa de familiares que também residem no Algarve”.

De acordo com a mesma fonte, os assaltantes levaram dinheiro, jóias, cartões bancários e ainda tentaram roubar um veículo” do casal.

Em Dezembro de 2009, na mesma zona de habitação dispersa, um casal alemão foi igualmente agredido, roubado e sequestrado dentro da própria casa por um grupo de quatro homens encapuzados.

O método, aliás, não é estranho aos moradores maioritariamente estrangeiros da zona, pois em Abril de 2005 um caso deixou a comunidade em estado de choque: um inglês foi morto dentro de casa nos mesmos contornos. Três dos quatro assaltantes foram detidos pela PJ e condenados a 22 anos de prisão.

O oficial de relações públicas da GNR reconhece que se trata de uma zona “onde o policiamento não é tão intenso quanto o desejável”, mas diz que isso se deve ao facto de ser “uma zona muito vasta”.

Um pouco por todo o Algarve têm-se registado assaltos com recurso a grande violência, nos últimos meses. Mais a Sul, em Almancil, junto a Vale do Lobo, um grupo de homens encapuzados entrou na casa de um casal suíço, a 31 de Outubro de 2009, espancou o homem e violou a mulher de 77 anos.

A Polícia Judiciária está a investigar esse caso.

Pub