Pub

O Corpo Nacional de Escutas (CNE) passou a contar, desde o passado dia 28 de maio, com 33 agrupamentos no Algarve, dia em que foi oficialmente aberto o Agrupamento 1395 de Santa Catarina da Fonte do Bispo.

A abertura oficial teve início na eucaristia dominical celebrada na igreja matriz de Santa Catarina da Fonte do Bispo, sob a presidência do assistente regional do CNE, o padre Nelson Rodrigues, e concelebrada pelo prior daquela comunidade paroquial, o padre José Cunha Duarte.

O pároco e assistente do 1395 de Santa Catarina da Fonte do Bispo agradeceu toda a colaboração prestada ao agrupamento, aos todos os seus membros e aos pais e desejou votos de muito sucesso.

A cerimónia ficou também marcada pelo discurso do chefe regional do CNE, o chefe João Cercas Vicente, que procedeu à abertura do agrupamento com o seu número definitivo e que agraciou o presidente da Junta de Freguesia local, Carlos Sousa, com a Medalha de Agradecimento de 3ª Classe – Bronze pelos serviços prestados ao agrupamento durante a sua fase de fundação.

Aquele dirigente agradeceu ainda a colaboração prestada ao agrupamento e a presença das várias entidades, agrupamentos e pessoas.

Também a chefe do novo agrupamento agradeceu a presença das várias entidades, personalidades e agrupamentos. Anabela Correia entregou um louvor de agrupamento aos pais, empresas e associações que colaboraram na fundação do 1395 de Santa Catarina da Fonte do Bispo. Aquele dirigente entregou ainda os listelos aos elementos do agrupamento e algumas insígnias de especialidade.

O presidente da Junta de Freguesia mostrou-se emocionado e feliz pela abertura de mais uma associação naquela localidade e também agradeceu a colaboração e o empenho de todos na fundação do agrupamento.

Foi ainda feita uma entrega de flores a Nossa Senhora de Fátima como símbolo de “amor, respeito e fé” e outra a Santa Catarina como símbolo de entrega do agrupamento e dos seus elementos à patrona do mesmo.

O novo agrupamento escutista teve como tutor no processo da sua fundação o Agrupamento 1200 de Quelfes, cuja secretária, chefe Sílvia Domingos, também esteve presente.

Depois da eucaristia procedeu-se à bênção da nova sede, seguindo-se um almoço de confraternização preparado pelos pais dos elementos do agrupamento e pela Junta de Freguesia.

No Algarve, o CNE conta com cerca de 2.410 elementos (cerca de 600 Lobitos, 600 Exploradores/Moços, 500 Pioneiros/Marinheiros, 250 Caminheiros/Companheiros e 397 dirigentes) de 33 agrupamentos (mais um em formação).

Pub