Breves
Inicio | Igreja | Setor da Catequese da Diocese do Algarve reuniu com responsáveis vicariais para avaliar o ano

Setor da Catequese da Diocese do Algarve reuniu com responsáveis vicariais para avaliar o ano

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O Setor da Catequese da Infância e Adolescência da Diocese do Algarve reuniu no passado dia 6 deste mês em Monchique com os responsáveis das equipas vicariais.

O encontro, que teve lugar no Centro Paroquial com 12 participantes, incluiu representantes das vigararias de Loulé, Portimão e Tavira e começou por avaliar as atividades promovidas no presente ano pastoral de 2018/2019 por aquele setor. A responsável pelo Setor Diocesano da Catequese da Infância e da Adolescência (SDCIA) explicou ao Folha do Domingo que a vigararia de Faro não participou porque não tem equipa formada, uma vez que o vigário assumiu o cargo em setembro último.

Entre as iniciativas mais positivas, os catequistas destacaram sobretudo a realização do retiro, da ação de formação sobre a eucaristia com cerca de 250 participantes, do Dia Diocesano do Catequista com cerca de 300 participantes, das Jornadas Nacionais de Catequistas com 72 participantes, bem como as campanhas dos tempos litúrgicos do Advento e da Quaresma.

Na reunião, o Setor Diocesano da Catequese da Infância e da Adolescência (SDCIA) destacou ser da sua competência fornecer subsídios e promover formação para os catequistas. As atividades para os catequizandos, o SDCIA explicou ser da responsabilidade das equipas vicariais.

Nesse sentido, aquele organismo anunciou a Formação Inicial «Ser Catequista» que irá substituir o antigo curso de iniciação. O novo curso de formação para catequistas vai ter 20 horas e seis temas numa abordagem mais catecumenal e menos escolar. “O objetivo não é que seja o Setor Diocesano a fazer a formação dos catequistas, mas que seja feita a nível vicarial”, explicou a irmã Leonor Bernardino da equipa diocesana daquele serviço, acrescentando que “ainda não estão elaborados os materiais para começar a trabalhar”. “Ao longo do próximo ano, logo que tenhamos disponível esse material, iremos fazer dois encontros com as equipas vicariais”, completou, referindo que o SDCIA colaborará com aquelas equipas.

No encontro foi ainda abordado o projeto de catequese ‘Say Yes – aprender a dizer sim’, criado pelo Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa, entretanto adotado pela Comissão Episcopal Educação Cristã e Doutrina da Fé, que propõe um itinerário para adolescentes dos 12 aos 16 anos, do 7º ao 10º ano de catequese, até à Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de 2022, em Lisboa.

O SDCIA explicou que a diocese algarvia pensa propor aquele projeto às paróquias, mas quer que a idade da participação dos adolescentes na JMJ seja claramente definida. Fonte ligada ao Secretariado Nacional da Educação Cristã adiantou, entretanto, ao Folha do Domingo que, segundo o Comité Organizador Local da JMJ, os adolescentes, agora com 12 anos e que em 2022 tenham 15, poderão participar naquele encontro mundial depois de realizarem a caminhada de preparação. No âmbito deste projeto, foi ainda anunciada no encontro de Monchique uma formação em Fátima, a 6 e 7 do próximo mês de setembro, para três catequistas de cada diocese.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

No encontro foi ainda abordado o projeto ‘Ligações’ das Edições Salesianas que visa contribuir para a formação cristã de crianças, adolescentes e jovens dos 6 aos 18 anos. “Já foi determinado pelos nossos bispos que os catecismos que se têm de seguir são os editados pelo Secretariado Nacional. O resto são subsídios que podemos deitar mão deles para apoiar”, referiu a irmã Leonor Bernardino, acrescentando que o bispo do Algarve “também já se pronunciou” sobre o assunto. “Disse que os catecismos que se seguem na diocese são os do Secretariado Nacional”, sustentou.

Na reunião foram ainda adiantadas algumas iniciativas para o próximo ano pastoral 2019/2020 como as Jornadas Nacionais de Catequistas em Fátima, de 25 a 27 de outubro próximo; o Dia Diocesano do Catequista a 25 de janeiro de 2020 na vigararia de Portimão; o retiro de catequistas a 14 e 15 de março de 2020 na casa de retiros de São Lourenço do Palmeiral; o passeio de catequistas no dia 27 de junho de 2020 de barco pela Ria Formosa com almoço num das ilhas-barreira; e a reunião de avaliação e programação no dia 4 de julho na vigararia de Faro.

Outra das atividades divulgadas foi um encontro diocesano de catequese, semelhante ao realizado no Ano Santo da Misericórdia, a realizar no dia 9 de maio de 2020 em local a anunciar.

Verifique também

Núcleo de Faro da LIAM celebrou 75 anos de trabalho missionário

O núcleo de Faro da Liga Intensificadora da Ação Missionária (LIAM) celebrou no passado domingo …