Inicio | Economia | Turismo | Trabalho “muito honesto” justifica primeira estrela Michelin para restaurante algarvio Bon Bon

Trabalho “muito honesto” justifica primeira estrela Michelin para restaurante algarvio Bon Bon

O chef Rui Silvestre (ao centro) com a sua equipa
O chef Rui Silvestre (ao centro) com a sua equipa

Um “trabalho muito honesto” e com “bons produtos” define a cozinha praticada por Rui Silvestre, responsável pelo restaurante Bon Bon, no Carvoeiro, que é distinguido com uma estrela do Guia Michelin Espanha e Portugal 2016.

A atribuição da primeira estrela a este restaurante algarvio é a novidade da edição do próximo ano, anunciada ontem à noite em Santiago de Compostela, na Galiza.

Em declarações à Lusa, o chefe de cozinha, Rui Silvestre, descreveu que a sua cozinha se caracteriza como “um trabalho muito honesto, uma cozinha pura”, onde se trabalha com “bons produtos” e com respeito por esses produtos.

Apesar de não esconder que uma estrela Michelin era um sonho, o chefe de cozinha afirma que “os prémios vêm com a qualidade”.

“Não trabalhamos para estrelas, trabalhamos para cliente, para fazer as pessoas felizes”, disse à Lusa.

Na sua cozinha procura escolher os melhores produtos e admite ter “a sorte” de encontrar “peixes e mariscos” de qualidade na região onde trabalha, o Algarve.

No entanto, assume que não é “fundamentalista” quando se trata de escolher produtos para a sua cozinha. “Quando posso, trabalho com produtos portugueses, melhor ainda”, disse.

A inspiração para criar pratos, disse, vem das suas vivências e de um trabalho conjunto com a sua equipa e com o dono do restaurante, Nuno Diogo.

Rui Silvestre chegou ao restaurante Bon Bon há cerca de ano e meio, depois de passar por restaurantes em França ou Hungria, quase todos com estrelas do “guia vermelho”.

Verifique também

Ocupação hoteleira no Algarve na Páscoa foi a maior dos últimos 20 anos

A Páscoa aumentou a ocupação hoteleira no Algarve no mês de abril, registando-se o valor …