Inicio | Política (página 3)

Política

Câmara de Faro assume nove competências e rejeita praias e justiça

A Câmara e a Assembleia Municipal de Faro aprovaram a aceitação da maioria das competências no âmbito do processo de descentralização, rejeitando assumir, para já, as áreas das praias e da justiça. “O meu desejo seria aceitar todas as competências que já foram publicadas. Mas não vamos aceitar competências nas áreas das praias e da justiça, porque ainda não temos …

Ler mais »

Lagos aceita gerir património imobiliário sem utilização e rejeita restantes competências

A Câmara de Lagos aprovou por unanimidade aceitar a gestão do património imobiliário público sem utilização e rejeitou as restantes competências que a administração central quer transferir para as autarquias em 2019, anunciou hoje a autarquia. Na proposta votada em reunião do executivo na quarta-feira e ontem divulgada, a presidente da Câmara de Lagos, Joaquina Matos (PS), justificou a não …

Ler mais »

Câmara de Lagoa rejeita transferência de novas competências em 2019

A Câmara de Lagoa não vai aceitar a transferência de novas competências enquanto não forem clarificadas as contrapartidas financeiras inerentes ao processo, anunciou na quarta-feira a autarquia. Com esta decisão, aprovada em reunião de câmara a 15 de janeiro, Lagoa (PS) torna-se na segunda autarquia algarvia a rejeitar a proposta de transferência de competências por parte do Governo em 2019, …

Ler mais »

PSD/Faro acusa PS de prejudicar concelho em proposta de estacionamento tarifado

O PSD/Faro acusou na terça-feira o presidente da Assembleia Municipal (PS) de prejudicar o concelho ao vetar a proposta de entrega à Ambifaro da exploração do estacionamento tarifado na cidade. Em comunicado, o PSD, que detém a maioria na Câmara, mas não na Assembleia Municipal, acusa Luís Graça de seguir uma “linha política bota-abaixista” ao inviabilizar, com o seu voto …

Ler mais »

Brexit: Ministro dos Negócios Estrangeiros diz que saída desordenada e sem medidas seria “alimento” para críticos da UE

O ministro dos Negócios Estrangeiros disse na quarta-feira em Loulé que se não houvesse medidas para evitar um ‘Brexit’ desordenado, isso representaria um “alimento muito generoso” para todos os que são contra a União Europeia. “[A ausência de medidas] significaria o caos do ponto de vista económico, mas significaria também um alimento muito generoso para todas as correntes que na …

Ler mais »