Breves
Inicio | Lusa (página 2)

Lusa

Festival FOMe traz 50 espetáculos a seis municípios do Algarve central

O Festival de Objetos e Marionetas e Outros Comeres (FOMe) reforçou a sua programação e vai levar meia centena de espetáculos a distintos espaços de seis municípios do Algarve Central, entre 13 e 28 de setembro, anunciou a organização. A diretora artística do FOMe, Jeannine Trévidic, explicou à agência Lusa que a edição de 2019 do festival “alia teatro de …

Ler mais »

Câmara de Loulé faz proposta para limitar urbanismo em zona central de Quarteira

O executivo camarário de Loulé vai propor, na reunião de hoje, a criação de uma “área de descompressão” de 1,3 hectares “no coração de Quarteira”, para evitar a exploração imobiliária, disse à Lusa a vereadora Helena Madeira. A vereadora explicou que a proposta que o executivo de maioria PS vai apresentar à Câmara tem como pano de fundo o processo …

Ler mais »

Escavação arqueológica na cidade de Balsa, em Tavira, encontra edifícios e via

As escavações arqueológicas realizadas nos vestígios da antiga cidade romana de Balsa, em Tavira, confirmaram a existência de edificações e de uma via com orientação este-oeste, mas falta ainda definir os limites da zona urbana, disse um investigador. A definição de onde acaba e começa a cidade romana do século I é o grande objetivo do projeto de investigação de …

Ler mais »

Fogo em Tavira obriga a cortar Via do Infante, mas trânsito já reabriu

Um incêndio florestal deflagrou hoje na zona da Eira da Palma, em Tavira, no Algarve, tendo obrigado ao corte por “breves minutos a Autoestrada 22” (A22), mas o trânsito já foi restabelecido, disse fonte da Proteção Civil. A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro disse à agência Lusa que o alerta foi “recebido às 16:01” …

Ler mais »

Algarve com ligeira quebra no verão mas com tendência para procura em outras épocas

A afluência de turistas ao Algarve este verão está a registar quebras, embora pouco significativas, havendo uma tendência para a procura não se concentrar apenas na época alta, disseram responsáveis do setor à agência Lusa. As elevadas temperaturas nos principais mercados emissores e o ressurgimento da procura em outros países da bacia do Mediterrâneo podem explicar a quebra, embora os …

Ler mais »